fbpx
Avenida Miguel Bombarda, 21 - 7º Dto - 1050-161 Lisboa

Conexões dos Signos para Novembro

Conexao201411

As Conexões para a energia dos Signos revelam-nos, juntamente com a energia do Tarot, mensagens, orientações e ideias para as doze dimensões do Ser que estão sempre a operar connosco. Através destas conexões, poderão ver a mensagem quer para o Signo Solar (o “nosso” signo), quer para o Signo Ascendente (se for diferente), e compreender ainda melhor o trabalho a fazer neste mês! Para além da Conexão dos Signos, e já para começar, uma mensagem geral para os próximos dias!

Novembro

42-7-de-CopasO já naturalmente denso mês de Novembro, onde a energia de Escorpião nos acompanha durante maior parte do tempo, traz-nos um desafio adicional com o 7 de Copas. Esta carta leva-nos às nossas emoções e confronta-nos com a necessidade de lhes darmos voz, de as deixarmos falar connosco e de compreendermos o que elas nos estão a solicitar. É preciso saber escolher aquilo que realmente é importante e necessário para cada um de nós. Como fazê-lo, é do foro das nossas emoções. É o nosso coração que fala sempre a verdade e este mês temos de estar muito atentos ao que ele nos diz. Podemos ser tentados de diversas formas a desviar-nos do nosso caminho, mas é necessário ouvir o nosso coração em cada momento de dúvida ou medo, pois a nossa mente estará pronta a enganar-nos. Neste mês, faça um esforço por sentir antes de agir, faça um esforço por respeitar o seu coração e não o colocar para um segundo plano por causa de questões financeiras, medos ou ego. O 7 de Copas pede-nos para sairmos da nossa própria sombra e assumirmos o ser emocional que somos, deixar a nossa água fluir para o grande mar que é o nosso propósito de vida.

 

Carneiro

40-5-de-Copas

Perante as adversidades, por vezes o maior desafio é o de compreendermos que apesar de todas as perdas que possamos ter, existem sempre coisas boas que ainda prevalecem e que são elas o sustentáculo de um novo caminho. Esta é a dura mensagem do 5 de Copas, que nos pede que olhemos para a vida com um olhar mais positivo, reconhecendo as coisas boas que temos, os caminhos que estão ao nosso alcance e os objectivos que ainda temos por que lutar, independentemente de tudo o que possa ter corrido menos bem. Há um tempo para viver a perda, para fazer o luto, mas se ficarmos focados nisso, o desgaste emocional é demasiado elevado e esquecemos que a vida continua e há um caminho a seguir. Não importa do que estamos a falar, se é uma perda emocional, física ou outra diferente, o importante é que neste mês há que mexer sobre as nossas próprias questões, viver as emoções, abrir o coração e focar-nos no que, apesar de algumas tempestades e furacões, ainda está bem, pois essas são as coisas que, neste momento, são as mais importantes para a nossa vida, para o caminho que temos de continuar a fazer. Largue os dramas e os sofrimentos, cada dia é uma nova oportunidade de viver feliz.

Touro

33-Cavaleiro-de-PausSe no mês passado os nativos de Touro tiveram a oportunidade de abrir portais e sair das suas zonas de conforto, este mês a energia que iremos viver é a do Cavaleiro de Paus, uma excelente carta que nos dá força e energia para avançar, criar as próprias oportunidades, agarrar a vida com alegria e entusiasmo. Quando temos a consciência do nosso caminho, sabemos quem somos e onde queremos chegar, ouvindo o nosso Eu, o nosso coração e não o nosso Ego que, tantas vezes, nos leva aos apegos, e acendemos em nós a chama da vida, a energia que nos faz avançar em direcção aos nossos objectivos. Este Cavaleiro lembra-nos que não é só querer chegar a algum lado, é preciso mover-nos com uma direcção definida, é preciso ter fé, acreditar e darmos todos os dias um novo passo em frente. Quando misturamos estes vários ingredientes com a base do amor por nós mesmos, por quem somos e pela nossa vida, criamos uma energia de motivação e entusiasmo que nos levará onde quer que desejemos, desde que o façamos com o coração, sem orgulho, presunção ou ganância, perfeitamente em sintonia com o nosso Eu. Este mês, aproveitemos a energia de vida, força e entusiasmo, permitamo-nos rir e viver cada processo com alegria, libertando, dessa forma, todo o potencial que existe dentro de nós.

Gémeos

08-A-Força

Entusiasmo e motivação serão, com certeza, duas palavras de ordem para a energia de Gémeos neste mês de Novembro. A Força é uma carta de grande energia que traz à nossa tradicionalmente mental forma de ser um lado emocional que é necessário deixar vir cá para fora. Sem dúvida que o Universo estará do nosso lado neste mês, pois esta carta dá-nos o combustível necessário para ultrapassar todos os obstáculos e situações. Contudo, o que na realidade ele nos está a pedir é que sejamos capazes de largar os controlos desnecessários e permitirmos que o nosso coração nos guie e nos mostre os caminhos a trilhar. Este mês, tenhamos a coragem de enfrentar os nossos processos com humildade e inocência, sem dar força ao Ego, mas sim permitindo que a nossa Essência se revele e possamos abrir o coração em tudo o que fazemos. Libertemo-nos um pouco mais para que possamos rir e deixar a nossa Criança Interior auxiliar-nos a encontrar respostas que, maior parte das vezes, a nossa mente, por si mesma, não é capaz de lá chegar.

Caranguejo

47-Cavaleiro-de-CopasNaturalmente muito ligada às emoções, a energia de Caranguejo é presenteada este mês com o Cavaleiro de Copas. Este será, sem dúvida, um mês onde as emoções e os sentimentos estarão a ser profundamente trabalhados e onde é preciso darmos atenção ao que o nosso coração nos quer transmitir. Quando o deixamos falar, permitimos que as energias divinas comuniquem connosco, mostrando-nos o que precisamos realmente de ver e de deixar fluir nas nossas vidas. Contudo, num mês onde vamos estar a viver um ambiente tão emocionalmente fértil, é preciso ter em atenção que temos de resistir à tentação de nos deixarmos levar por sonhos e divagações emocionais infundadas. Não precisamos de ser hiper-realistas, é verdade, mas também não serve de nada vivermos num mundo de ilusões em relação seja ao que for. O coração orienta-nos e guia-nos quando nos permitimos ouvi-lo, sem medo, sem resistência a sair das nossas zonas de conforto emocionais que, tantas vezes, nos levam a viver projectados no futuro e a esquecer que o caminho se faz hoje, em cada passo, com a confiança, o entusiasmo e a alegria no nosso coração. Com a energia do Cavaleiro de Copas, o ambiente é de emoções, amor e carinho, mas há que fazer a nossa parte, em cada momento, sem esperar um milagre caído do céu.

Leão

13-A-MorteNo momento em que o planeta Júpiter está pleno no signo de Leão e prepara-se para, dentro de cerca de um mês, entrar em movimento retrógrado, a carta A Morte traz-nos uma mensagem que, embora forte e por vezes difícil, é crucial para que não nos permitamos cair nas armadilhas do Ego. Afinal, no meio de tudo, o que existe nas nossas vidas que ainda precisamos de cortar, limpar e transformar? Esse é o desafio que nos é colocado e que nos obriga, de forma cirúrgica, a olharmos bem para dentro de nós, para o que ainda precisamos de mexer no nosso coração. A energia dos últimos meses foi de entusiasmo e de motivação, ainda que por vezes tenham surgido desafios, sempre nos pareceram mais simples de ultrapassar que o normal, pois não precisámos de lidar com as emoções. No entanto, neste momento é preciso mexer nessas emoções que fomos deixando de lado e compreender a transformação que estamos a viver. É tempo de dar voz às nossas emoções e permitirmo-nos limpar o nosso coração de mágoas, receios, medos, raivas e todo o tipo de sentimento que apenas nos desgasta, transmutando-o em luz e um profundo amor por nós mesmos. Não será fácil, certamente, mas é essencial para que o nosso Ego não seja mais forte que o nosso Eu e não deite a perder uma boa parte da caminhada que fizemos. Sejamos humildes e permitamo-nos viver as nossas emoções, permitamo-nos vivenciar a beleza da nossa vida.

Virgem

25-4-de-PausSe demos ouvidos à conexão do mês passado e abrimos o nosso coração ao nosso caminho, a energia do 4 de Paus surge-nos, neste intenso mês como uma recompensa por um trabalho interior muito profundo, na medida em que ela traz-nos uma energia de alegria, prosperidade e bênção nas nossas vidas, como se, de certa forma, após tantos desafios e esforço, pudéssemos finalmente voltar a casa, sentir-nos mais seguros e com uma maior estabilidade. É tempo de, acima de tudo, sermos gratos pelo que o Universo nos tem trazido, pela beleza da nossa vida, pelas nossas vitórias, por conseguirmos subir tantos degraus na nossa caminhada, algo que, provavelmente, nunca pensámos atingir. O 4 de Paus traz-nos a alegria de sentirmos a energia do reequilíbrio nas nossas vidas, fruto de um esforço e de uma entrega ao serviço e ao sacrifício que é-nos tão característica. No entanto, não é tempo de baixar os braços ou fechar novamente o coração, pelo contrário, é tempo de seguir caminho e aprofundar a aprendizagem de deixar o nosso coração falar. Cada passo que damos é um novo portal que abrimos e uma nova celebração de um hoje, de um presente que precisa de ser vivido. Se não o fazemos, entramos nos apegos, na zona de conforto e não usufruímos dos maravilhosos frutos que a vida nos tem para oferecer. No fundo, como em tudo, é sempre uma questão de plantar e colher.

Balança

76-Rainha-de-Ouros-Se o mês passado foi desafiador, neste a energia de Balança é agraciada com uma carta de profunda riqueza e de energia, a Rainha de Ouros. Depois de um mês com uma energia densa à nossa volta, agora é tempo de olharmos para dentro nós e cuidarmos da nossa essência. A Rainha de Ouros é uma carta de fertilidade e isso leva-nos a uma energia de criatividade e crescimento, que nos pede para darmos voz à nossa essência emocional. É o que temos dentro do nosso coração que vai alimentar as sementes que anterior plantámos. Se o nosso coração é pleno de amor, de aceitação e de gratidão, o que vamos fazer crescer são frutos maravilhosos que nos vão fazer sentir ainda mais felizes e mais completos. Contudo, se em contrapartida, no nosso coração ainda viverem os sentimentos de mágoa, dor e apegos, então as sementes serão dessa mesma natureza e a criação torna-se, na realidade, destruição. Olhe para o que tem na sua vida e para a forma como está a alimentar essas mesmas situações e questões. É tempo de, provavelmente, mudar a sua própria vibração e trazer um maior amor para dentro de si, sem medo de o viver, pois o medo é o que realmente destrói as fundações que o amor construiu.

Escorpião

19-O-SolExtraordinária energia para vivenciar que Escorpião tem para este mês! O Sol é uma maravilhosa carta que nos leva para a beleza da alegria, da inocência e da vida. Se os últimos tempos foram um pouco mais difíceis e nos obrigaram a profundas transformações interiores (mas também exteriores), então agora é o momento de celebrarmos esse renascimento com fé, força e alegria! Deixemos o passado lá atrás e libertemo-nos de tudo o que ainda nos pode criar alguns bloqueios. Já não faz sentido nenhum vivermos em função disso, quando existe toda uma vida à nossa frente, ao nosso alcance. Com o Sol a reger este mês, existe uma confiança reforçada em nós mesmos, na nossa vida e em todos os caminhos que queremos percorrer. A chave deste mês, contudo, está na humildade com que vemos este mesmo renascimento. Quando nos permitimos renascer, focando-nos na Luz que temos dentro do nosso coração, abrimos portais de consciência e conseguimos caminhar, plenos da nossa Essência, mas se mantivermos vivos em nós alguns hábitos do passado que sabemos serem nocivos e que nos impedem de avançar, toda esta energia à nossa disposição passará por nós e será em vão. Este mês, aproveitemos para nos divertirmos, rirmos, alegrarmo-nos e celebrarmos a vida, pois é com essa energia que renovamos cada célula e iluminamos o nosso caminho!

Sagitário

07-O-CarroExcelente energia a reservada para Sagitário que, no seguimento da reflexão e decisões que foram efectuadas nos últimos tempos, tem agora, com a carta O Carro, a determinação e o impulso necessários para avançar. É tempo de andar para a frente, pois os planos já foram feitos e as decisões tomadas. Não há mais tempo a perder para aplicar este ou aquele projecto, pois este mês todas as condições estão reunidas para que os passos dados tenham os resultados pretendidos. O Carro é uma carta de vitória, e tudo o que for feito de coração com esta energia, ainda que contra o que os outros acham ou pensam, e mesmo que existam obstáculos a ser ultrapassados à nossa frente, com confiança, dinamismo e determinação, dará, com toda a certeza, os seus frutos. Não há mais espaço para dúvidas ou hesitações, é preciso ter em nós a certeza absoluta do nosso caminho e de todas as decisões que tomámos, todos os objectivos que definimos. Este mês é-nos pedido que sejamos ambiciosos e que direccionemos o nosso foco para o nosso caminho. Com toda a certeza teremos muitos factores a tentar afastar-nos e distrair-nos, mas é necessário manter a calma e a postura, responder com o coração e não com a nossa impulsividade, pois dessa forma, com toda a certeza, colocaremos cada peça no seu local correcto.

Capricórnio

31-10-de-PausA energia de Capricórnio poderá não ter a vida muito facilitada este mês. O 10 de Paus é uma carta que nos lembra que não podemos fazer tudo ao mesmo tempo nem carregar todos os pesos nos nossos ombros. Na quase infinita resistência que Capricórnio tem, esquecemo-nos que também somos humanos e que, muitas vezes, temos de olhar para as nossas próprias necessidades, descansar e cuidar de nós. Por vezes é preciso parar um pouco, descansar, recuperar energias e reorganizarmos as nossas prioridades. Agora chegou esse tempo. Durante este mês é muito natural que haja um cansaço mais presente, um desgaste que se começa a acentuar, mas cabe-nos a nós sermos humildes e aceitarmos que nem sempre conseguimos fazer a caminhada sozinhos, carregando tudo nos nossos ombros, resolvendo todos os problemas, os nossos e os dos outros. Tenhamos a coragem de entregar o seu a seu dono e colocar-nos no topo das nossas prioridades, cuidando de nós mesmos, organizando-nos e permitindo-nos descansar a nossa mente e o nosso corpo. Nos céus, Plutão e Saturno estão há alguns anos a fazer uma recepção mútua de energia e, com o aproximar do final do ano, esta energia adensa-se, solicitando que limpemos da nossa vida aquilo que não é nosso mas que, por alguma razão, optámos por carregar e suportar. Fechemos um ciclo e permitamo-nos aligeirar a pressão que, já naturalmente, é forte e intensa.

Aquário

20-O-JulgamentoGrande desafio é colocado sobre a energia de Aquário este mês, obrigando a uma postura um pouco diferente da tradicional. O Julgamento é uma poderosa carta que nos coloca numa posição que, muitas vezes, para o fixo signo de Aquário, é muito desconfortável, a de compreender que chegámos a um ponto das nossas vidas onde é preciso decidir se nos vamos manter na mesma posição, postura, forma de estar e hábitos ou se, caso não estejamos a ter os resultados pretendidos, chegou o momento de aprender com o passado e permitirmo-nos renovar e renascer. Não há mais tempo a perder, agora é o momento de aceitar o caminho e limpar definitivamente o que, muitas vezes, protelámos e arrastámos, por medo do resultado, de sair da nossa zona de conforto, de entrar em áreas desconhecidas. O Julgamento não é um aviso nem uma mensagem, é a visão total e concreta de um ponto de não retorno nas nossas vidas. Cabe-nos a nós optar por avançar, tomar decisões, aplicá-las e modificar o rumo das áreas das nossas vidas, sem medos, sem dramas, sem esperar mais que as coisas se resolvam por elas próprias, ou, pelo contrário, mantermo-nos no mesmo registo e continuarmos a viver numa vibração de culpa e medo, renegando a nossa essência e tentando ser algo que, de todo, não somos. A escolha é apenas nossa, ninguém poderá fazê-la por nós.

Peixes

52-3-de-EspadasNão é um desafio fácil, o que é apresentado ao Signo de Peixes, este mês de Novembro. O 3 de Espadas é uma carta densa que vai-nos solicitar algo que não nos é muito fácil nem confortável, o de lidarmos com as situações que estão dentro de nós e que precisamos de libertar. No mês passado vivemos a entrega emocional, algo positivo e suave para esta nossa energia, mas agora precisamos de voltar ao interior do nosso Eu e resgatar aquelas coisas que fomos guardando mas que, muitas vezes, no nosso habitual desligamento, fomos esquecendo que lá estavam. É tempo de rever as nossas emoções e as situações que precisam de ser limpas, purificadas e, acima de tudo, perdoadas. O 3 de Espadas leva-nos a essas questões que, muitas vezes esquecidas, ainda são pequenas pedras nas engrenagens das nossas vidas, que revelam-se quando pretendemos avançar, quando queremos mudar a nossa forma de viver determinadas coisas, sejam elas emocionais ou profissionais. Observemos um pouco as nossas vidas, permitamo-nos fazer uma introspecção e detectar os bloqueios com que, regularmente, nos vamos debatendo. Permitamo-nos ir mais profundamente nessas questões e tenhamos a coragem de libertar, emocionalmente, essas pequenas areias que ainda nos impedem de sermos felizes. Não é fácil, é verdade, mas é essencial para podermos ser nós mesmos.

Posts Relacionados

Deixa um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.