Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Explorar o Universo Interior, uma jornada em Mercúrio Retrógrado

exploraruniversointerior

Há cerca de um dia que Mercúrio entrou no primeiro estágio de movimento retrógrado de 2015. Estes períodos são sempre, no mínimo, peculiares, dada a quantidade de coisas que nos ultrapassam e fogem do nosso controlo, dados os contratempos e contrariedades que, tantas vezes, nos tiram do sério. Este estágio, que vai durar até ao dia 11 de Fevereiro, com um período de prolongamento da sua energia por mais uns 4, 5 dias, até ficar na sua “velocidade” normal, tem, no entanto, e como todos, algumas peculiaridades.

Mercúrio entrou retrógrado no signo de Aquário, cerca de um dia depois da Lua Nova, também no mesmo signo. A proximidade em termos de tempo permitiu que o momento da retrogradação recebesse a energia da Lua Nova duma forma muito intensa, dado que Mercúrio e Lua estavam em conjunção a partilhar a energia e a transportá-la para o agora. O que eles nos trouxeram para as próximas semanas é algo que necessitamos de ter muita atenção.

Carl Jung dizia: “Quem olha para fora, sonha; quem olha para dentro, desperta!” Um momento de Mercúrio retrógrado é sempre um momento de paragem e dum voltar para dentro que é verdadeiramente essencial fazer periodicamente. Mercúrio é uma espécie de regulador energético do nosso ritmo anual, indicando-nos assim que é tempo de parar um pouco e cumprir algumas “tarefas” importantes. A que nos é apresentada agora tem tudo a ver com a maravilhosa citação do Jung, pois em Aquário, Mercúrio está exaltado e expande a sua visão, amplificando-a e traduzindo-a numa percepção muito vanguardista do mundo que o rodeia.

Em movimento retrógrado, Mercúrio em Aquário transporta-nos para o nosso interior em questões muito próprias do signo da individualidade. Aquela visão aquariana do mundo exterior, como se um satélite lançado da Terra em busca do desconhecido, tem agora de ser transposta para dentro do nosso Eu, desse magnífico universo que existe em cada um de nós e que precisa de ser profundamente descoberto. Mercúrio retrógrado em Aquário leva a cada um a necessidade de olhar mais longe e reconhecer a individualidade que existe dentro de si e que trouxe a este planeta para ser explorado.

A casa onde Mercúrio estiver a transitar neste período é precisamente a área de vida que necessitamos de explorar para além da nossa visão comum, de conhecer mais profundamente e resgatar a nossa essência. É a área que precisamos de reprogramar através dos nossos pensamentos e das nossas atitudes, é a área que precisamos de ver da forma única e original que ela realmente precisa de se manifestar. Se formos capazes de fazer essa expedição ao interior da nossa alma, com toda a certeza seremos capazes de resgatar uma parte de nós que, provavelmente, nem sequer tínhamos noção da sua existência.

É tempo de deixar os sonhos crescerem e desenvolverem-se dentro de nós, deixar as ideias e projectos, aqueles que estão dentro da nossa mente, ganharem forma, germinarem, compreender que eles são reais e que têm o seu tempo e espaço para se manifestarem. Quando conseguimos reconhecer isto, reconhecemos também a nossa individualidade, reconhecemos que temos uma função e uma tarefa única ao virmos à Terra, que aceitámos essa missão e cabe-nos a nós, neste momento, cumpri-la.

Num plano mais mundano, sim, vamos viver aqueles clássicos momentos de contrariedades, nomeadamente com tudo o que é ligado a tecnologia, algo muito próprio de Aquário. Talvez, mas só talvez, seja tempo de deixar um pouco a tecnologia de parte e trazer ao de cima o lado humano, o contacto emocional, um sorriso, um abraço, uma palavra amiga. Com Mercúrio retrógrado em Aquário, precisamos de reavaliar a nossa utilização de todas essas energias e reprogramar não só a nossa mente, como também o nosso coração, com pensamentos e atitudes de alegria, de amor, de aceitação e transformação.

Posts Relacionados

Deixa um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

X